22 de mai de 2017

Floreira reciclada: pé de ventilador

Meu jardim ganhou mais um cantinho florido depois que reciclei o pé de um velho ventilador e transformei em suporte para vasos de flores. Preparei uma base em madeira para cobri o feio pé e dá mais peso e estabilidade a floreira. No tubo metálico, que antes sustentava o ventilador, coloquei um cabo de ancinho (mais grosso e mais resistente que o de vassoura), onde prendi ganchinhos e pendurei cachepots coloridos. Para finalizar passei uma pátina leve nas partes em madeira e impermeabilizei com várias camadas de verniz. A madeira usada na base também é reciclada: aproveitei parte do pallet que veio com a cerâmica do piso da varanda, trocado recentemente, depois de tudo pronto foi só colocar plantinhas floridas. 

Também usei os pinos plásticos que antes estavam no pé do ventilador para levantar a base e evitar que a madeira fique em contado direto com o chão.  

15 de mai de 2017

Almofada de cactus

Adoro ter plantas espalhadas pela casa, qualquer cantinho fica mais colorido e alegre quando tem um verdinho, mas confesso que não gosto dos cactos, pois sempre me machuco nos espinhos deixando dedos e braços vermelhos e doloridos, um verdadeiro desastre. Desde o verão passado que queria fazer alguns vasinhos com cactos de feltro ou crochê, a versão almofada surgiu depois de visitar os blogs da Susi e da Val onde me inspirei, melhor dizendo copiei mesmo, com a devida permissão claro. Meus cactos ganharam pompons, flores de crochê coloridas e um carinhoso abraço, sem espetadelas, das duas Fridas.

8 de mai de 2017

Floreira reciclada

Reciclar é uma das minhas atividades preferidas e quando consigo fazer uma belezinha como esta da foto usando material descartado fico ainda mais feliz J. Encontrei o vidro da luminária em uma pilha de entulhos de construção, as pedras e a plantinha fui buscar no quintal, o pequeno pássaro é parte de um enfeite de jardim que tenho há anos. Juntei tudo e nasceu uma floreira cheia de charme até a borboleta gostou.

1 de mai de 2017

Biscoito de grão de bico e chia

A postagem de hoje é uma receita de biscoitinho feito com farinha de grão de bico, chia e páprica defumada. Estes crackers além de gostosos puros também casam a perfeição com guacuamole, queijo cottage ou homus, deixando a hora de petiscar um pouco mais saudável para quem não deve abusar dos carboidratos. Encontrei a receita no site do Andre, onde tem todos os passos e explicações. A preparação é muito fácil e você pode usar os temperos e sementes que preferi: cominho, orégano, alho, linhaça, gergelim, etc. Aqui em casa já testei e aprovei com chia, páprica, gergelim e até com tomate seco.  



Ingredientes:

2 x. de farinha de grão de bico
1/4 x. de azeite ou óleo
2 col. sp. de chia
Água
2 col. chá páprica defumada
1 col. chá fermento químico
1 col.chá de sal

Preparo:

Junte os ingredientes seco em uma tigela grande e mexa. Junte o óleo e mexa. Vá juntando a água aos poucos (colher a colher) e amassando com as pontas dos dedos, até a massa ficar uniforme e sem grumos. Coloque um pouco de massa entre duas folhas de papel manteiga e abra com um rolo deixando a massa bem fina (quanto mais fina a massa mais crocante ficam). Corte os biscoitos e coloque em um tabuleiro antiaderente. Asse em forno quente, 180º C, por 15 minutos. Retire e deixe esfriar bem antes de guardar. Bon appétit! 

24 de abr de 2017

Lata de costura recuperada

Gostei do modelo desta velha lata de costura que encontrei em uma feira e mesmo sabendo que estava em péssimo estado a trouxe para casa. A ideia inicial era manter a decoração original acrescentando alguns detalhes coloridos e para isso necessitava de um produto antiferrugem transparente e não encontrei por aqui. O jeito foi mudar os planos e a latinha ganhou decoração nova e bem diferente da original. Pintei com base antiferrugem branca e decorei com motivos variados usando tinta acrílica e para proteger a pintura usei verniz spray brilhante. 

17 de abr de 2017

Caixas organizadoras recicladas

Por aqui os dias já vão ficando longos e a temperatura muito agradável, chegou a hora de retirar dos armários os casacos e as calças de veludo para dá lugar aos vestidos, blusas e bermudas. Aproveitei a necessidade do momento de arrumação para reciclar algumas das tantas embalagens que tenho guardada e fiz duas caixas organizadoras, que forrei com papel de parede de um catálogo de amostras que encontrei nas minhas andanças por feiras de velharias. Serviço de arrumação terminado: meias, luvas e echarpes organizadas e guardadas. 

10 de abr de 2017

Medidor em madeira

Gosto de usar medidores de madeira nos potes de granola, aveia, farinha, sal, sementes e cereais. A sugestão de decorar com uma pintura foi da amiga Léia, que mora na Tunísia, onde existe uma grande variedade destes pequenos utensílios com detalhes pintados. Claro que quando o assunto é pintar em madeira sempre me agrada e assim meus medidores ganharam cor e agora além de medir também enfeitam meus potes.